Maduro quer que todas as venezuelanas tenham pelo menos seis filhos | TVFORENSE.com Televisão Para Dispositivos Móveis

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu às cidadãs venezuelanas que tenham, pelo menos, seis filhos, durante um encontro com membros do Plano Nacional de Parto Humanizado e Lactância Materna, para “o bem do país”, numa altura em que o país enf...

noticias, artigos, notas, releases, pautas, tv, acontecimentos, fatos, reportagens

Maduro quer que todas as venezuelanas tenham pelo menos seis filhos

Publicado por: admin
06/03/2020 15:51:59
Agencia de Noticias ANDES
Agencia de Noticias ANDES

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu às cidadãs venezuelanas que tenham, pelo menos, seis filhos, durante um encontro com membros do Plano Nacional de Parto Humanizado e Lactância Materna, para “o bem do país”, numa altura em que o país enfrenta uma grave crise económica.

 

Maduro entusiasmou-se depois de felicitar uma grávida que estava à espera do seu sexto filho e improvisou um discurso, que foi transmitido em direto para a cadeia de televisão estatal Venezolana de Televisión, que culminou com um apelo às venezuelanas que tivessem pelo menos seis filhos para que o país pudesse crescer.

 

“A parir, pois, a parir! Todas as mulheres a terem seis filhos, todas! Que a pátria possa crescer”, apelou Maduro.

TVV Noticias @TVVnoticias
 

Nicolás Maduro invitó a las venezolanas "a parir. Todas las mujeres a tener 6 hijos para que crezca la patria". Vídeo: Cortesía.

Vídeo incorporado
115 pessoas estão falando sobre isso
 

O líder realçou, ainda, o trabalho e o esforço das mulheres que “trazem crianças ao mundo” e reconheceu que uma das coisas mais importantes da Venezuela são as mulheres grávidas.

 

“Eu já disse mil e uma vezes para convertermos estes cursos em programas de televisão e nas redes sociais para um acesso maciço das famílias. Insisto nesta ideia porque não sabemos utilizar os media para massificar a nossa filosofia humanista”, disse.

 

O discurso despertou críticas por parte das venezuelanas por causa da crise económica sem precedentes. A jornalista Gabriela González acusou Maduro de “não ter um projeto para prevenir a gravidez na adolescência ou o abandono escolar. Muito menos medidas para contrariar os índices de desnutrição infantil”.

Gabriela Gonzalez@GabyGabyGG
 

Maduro realiza un acto sobre “parto humanizado”.
Pide que en el colegio se instruya a los jóvenes sobre cómo vienen los niños al mundo.
No habla de planes para prevenir embarazos en adolescentes. Tampoco de la deserción escolar.
Menos, de índices de desnutrición infantil...

767 pessoas estão falando sobre isso
 
 

 

Na sua conta pessoal, González acusou-o de ser responsável pelo êxodo de quase cinco milhões de venezuelanos, segundo dados da ONU, que foram obrigados a abandonar o país para escaparem à crise económica e humanitária em que a Venezuela está mergulhada, e muitos não tiveram outra hipótese senão “deixar para trás mais de um milhão de crianças que estão, atualmente, à guarda dos avós ou familiares”.

 

A taxa de natalidade na Venezuela é, atualmente, uma das mais altas do mundo, com uma média de 2,4 filhos por mulher. Em 2012, o ex-presidente Hugo Chávez, falecido a 5 de março de 2013, ofereceu um aumento no abono de família às mulheres que tivessem mais de quatro filhos.

Fonte: Planeta ZAP

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

A Carne é Fraca