Nova lei para rótulo de alimentos e bebidas pode impactar modo de consumo do brasileiro

Publicado por: admin
13/03/2023 16:45:03
Exibições: 66
Cortesia Editorial Pixabay/iStock
Cortesia Editorial Pixabay/iStock

No Chile 50% das pessoas mudaram forma de consumir e no Equador 29% após a lei

 

As novas regras para rotulagem de alimentos, que entraram em vigor no Brasil em outubro de 2022, devem levar a uma mudança no comportamento de consumo de alimentos e bebidas no Brasil, assim como aconteceu em outros países latinos, segundo análise da Kantar, líder global em dados, insights e consultoria.

 

No Brasil a nova lei, que tem entre as maiores mudanças a rotulagem nutricional frontal, prevê que produtos lançados após outubro do ano passado já deveriam estar com o rótulo no novo formato e itens já disponíveis no mercado têm ainda de um a três anos para a adequação.

 

Dados da Kantar mostram que 1/3 dos latinos estão altamente preocupados com sua saúde e vêm fazendo mudanças nos hábitos nutricionais, e 66% deles leem os rótulos dos produtos alimentícios. A maioria deles está mais preocupada com a quantidade de açúcares (22%), sódio (19%) e calorias (18%).

 

A experiência dos países vizinhos, que já implantaram tal lei, mostram que ela trouxe novos comportamentos de consumo. No curto prazo, dos consumidores que começaram a olhar para os produtos com os novos rótulos, 50% dos chilenos e 29% dos equatorianos mudaram seus hábitos, abandonando ou diminuindo a frequência de aquisição. No Equador os chás prontos foram os que mais sofreram retração em penetração (-7 pontos de penetração). Antes da lei, eles eram considerados uma opção saudável ao refrigerante e, com a aplicação do novo rótulo, os consumidores perceberam que as categorias apresentam os mesmos níveis de açúcares. No Chile, biscoitos doces sofreram uma retração de 9% em volume após a nova lei no Chile (2015 x 2016).

 

Outra mudança foi o impulso no segmento de lights e saudáveis, como visto no Equador. Após a implementação, houve destaque na penetração de refrigerantes lights (+3 p.p), biscoitos saudáveis (+2p.p.) e cereais light (+2p.p.) naquele país.

 

No entanto, no longo prazo, os produtos impactados pela adoção dos novos selos apresentaram alguma recuperação. Os países com maiores níveis socioeconômicos foram os que mais fizeram essas mudanças.

 

A Kantar avalia que será crucial verificar se as marcas não perdem visibilidade nas prateleiras que são importantes para o consumidor. Além disso, será gerada uma grande oportunidade para aqueles produtos que buscam entrar em categorias já saturadas, aproveitando a oportunidade para se posicionar como "vida saudável" ou se tornar o produto substituto ideal dentro da cesta.

 

A consultoria dispõe de ferramentas eficientes que identificam as oportunidades dos principais segmentos e públicos-alvo, como necessidades prioritárias e principais barreiras para consumo. Também fornece dados atitudinais e comportamentais sobre estilos de vida e compras do consumidor, e realiza segmentações de consumidores para melhor atender e alcançar os públicos certos por meio de seus estudos sindicados. Além disso, identifica oportunidades para novos produtos e inovação de produtos existentes.

 

Sobre a Kantar

A Kantar é líder global em dados, insights e consultoria. Atuamos em mais de 90 mercados e somos a empresa que mais entende como as pessoas pensam, sentem, compram, compartilham, escolhem e veem. 

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados

Comentários