Padre do Patriarcado de Moscou agride com uma cruz um Pe. da Igreja Ortodoxa da Ucrânia

Publicado por: admin
30/07/2022 13:06:49
Exibições: 152

A que ponto chegamos, padre russo usa um crucifixo metálico como arma do crime de agressão. A vítima, um colega ucraniano! 

 

Segundo a jornalista Diana Krechetova, do prestigiado Pravdaem Vinnytsia, um padre do Patriarcado de Moscou espancou com uma cruz o  colega da Igreja Ortodoxa da Ucrânia.

 

O incidente aconteceu durante o velório do soldado caído Oleksandr Zinivy, natural da aldeia de Yalanets, informou o ativista local Serhii Timkov, que testemunhou o conflito.

 

O motivo da luta foi a crítica do vigário Mykhailo Vasylyuk aos "padres de Moscou" que apoiam a guerra na Ucrânia e os crimes cometidos pelo regime do Kremlin.

 

Depois dessas palavras, um padre do Patriarcado de Moscou chamado Anatoly, que também estava presente no funeral, correu até o reitor da OCU. Primeiro, ele rasgou a cruz de Vasylyuk e depois começou a agredir o colega com um crucifixo metálico, como um sabre, desferindo alguns golpes. A "arma" utilizada pelo sarcedote é a mesma com que "abençoa" seus seguidores russos.

 

"Durante o discurso do reitor da OCU, padre Mykhailo, o padre de Moscou mostrou agressão, infligiu lesões corporais leves, rasgou a cruz do reitor e tentou usar sua cruz como ferramenta para espancamentos. Na minha opinião, isso atravessa todos limites possíveis e impossíveis de arrogância", enfatiza Timkov.


 

Editado por: Mike N.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários