Rússia faz exercícios com submarinos nucleares e mísseis intercontinentais

Publicado por: Miken
02/03/2022 15:43:34
Exibições: 258
Vitaly V. Kuzmin / Wikimedia
Vitaly V. Kuzmin / Wikimedia

Vladimir Putin ordenou que submarinos nucleares russos realizassem exercícios militares. Além disso, estão a ser feitos testes com mísseis balísticos intercontinentais.

 

A Rússia está a realizar exercícios militares com submarinos nucleares, no mar de Barents, no Oceano Ártico. A Associated Press adianta ainda que os russos estão a realizar testes com mísseis balísticos intercontinentais.

 

O Presidente russo, Vladimir Putin, ordenou que as forças nucleares do seu país fossem colocadas em alerta máximo face à escalada de tensão com o Ocidente devido à invasão da Ucrânia.

 

Vários submarinos nucleares foram enviados para o mar de Barents para “treinar manobras em condições tempestuosas”, anunciou em comunicado a Frota do Norte da Rússia, uma unidade da Marinha Russa responsável pela defesa do nordeste do país.

 

Acredita-se que a Frota do Norte da Rússia terá, pelo menos, 38 navios de guerra e 42 submarinos, alguns dos quais nucleares.

 

Na região de Irkutsk, no leste da Sibéria, unidades das Forças de Mísseis Estratégicos dispersaram lançadores de mísseis balísticos intercontinentais para realizar exercícios militares, disse o Ministério da Defesa num comunicado citado pela Associated Press.

 

Vladimir Putin decidiu puxar neste domingo da perigosa carta da ameaça nuclear, ordenando às suas chefias militares que coloquem as forças nucleares da Federação Russa em alerta máximo.

 

O Presidente russo justificou a medida como resposta àquilo que considera serem “declarações agressivas” que ouviu e leu de representantes da NATO, somadas às sanções “ilegais” e “hostis” prometidas pelo Ocidente.

 

O ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire, disse que a União Europeia desencadearia uma “guerra” económica e financeira contra a Rússia. Em resposta, Dmitry Medvedev, vice-chefe do Conselho de Segurança da Rússia, foi perentório.

 

“Hoje, um ministro francês disse que declarou uma guerra económica à Rússia. Cuidado com a língua, cavalheiros! E não se esqueçam que na história da humanidade, as guerras económicas muitas vezes tornaram-se reais”, atirou Medvedev.

 

Por    Daniel Costa, Originalmente Publicado por: Planeta ZAP //

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários