Organizações não governamentais ajudam na permanência de imigrantes ilegais nos EUA

Publicado por: admin
23/11/2021 09:37:42
Exibições: 114
Cortesia Pexels/iStock
Cortesia Pexels/iStock

Especialista em Direito Internacional, Daniel Toledo, relata como essa prática é prejudicial para o país

 

Viver o sonho americano é desejo de muitas pessoas não somente no Brasil, mas em muitos outros países. Mas para ter mais oportunidades de trabalho e maior segurança dentro do país, é necessário agir da maneira correta e entrar legalmente por meio da aplicação de visto, independentemente da modalidade.

 

Ainda assim, recentemente o congressista americano Lance Gooden descobriu um tipo de arranjo que burla as leis do país e é praticado por ONG’s, famosas organizações não governamentais, que utilizam influência para trazer pessoas de outros lugares e facilitando a estadia ilegal delas nos Estados Unidos. O advogado especialista em Direito Internacional Daniel Toledo explica que, na verdade, trata-se de instituições criminosas.

 

“Muitas pessoas que aceitam esse tipo de recurso não têm perfil para aplicação de visto e acreditam que após a entrada no país poderão recorrer a processos de anistia, asilo ou mesmo permanecer nos Estados Unidos de forma ilegal. Embora essas ações possam ser protocoladas, normalmente não são levadas adiante”, comenta Toledo.

 

As instituições atuam desde antes da chegada ao país, explicando aos imigrantes como se portar em um avião, por onde andar e com quem falar. Após a entrada nos Estados Unidos, eles oferecem estadia em hotéis e auxiliam a pessoa a encontrar locais em que é possível conseguir carteiras de motorista sem documentação e até mesmo empregos.

 

Grande parte da questão envolvendo a imigração ilegal reflete na economia dos EUA, uma vez que essas pessoas permanecem no país sem pagar qualquer tipo de imposto e também fazem com os salários oferecidos para os legais fiquem abaixo do esperado. “Esses problemas têm ficado cada vez mais claros e institucionalizados, algo que impacta não somente esses imigrantes, mas também aqueles que realizaram os processos legalmente por meio dos vistos”, explica o advogado.

 

Não somente a imigração ilegal é criminosa, como também a contribuição para que ela ocorra. Segundo Toledo, o papel das ONG’s que deveriam colaborar com projetos sociais para indocumentados está sendo utilizado para causar ainda mais problemas. “Trazer pessoas para colocá-las em uma situação de fragilidade e perigo de deportação por falta de documentos é o contrário de ajudar”, finaliza.

 

Daniel Toledo é advogado da Toledo e Advogados Associados especializado em Direito Internacional, consultor de negócios internacionais, palestrante e sócio da LeeToledo PLLC.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Comentários