Bolsonaro denunciado em Haia por genocídio e crime contra a Humanidade | TVFORENSE.com Televisão via Internet

O Presidente brasileiro foi acusado, este domingo, de genocídio e crime contra a Humanidade, numa queixa que já chegou ao Tribunal Penal Internacional (TPI), na Holanda.   De acordo com o Jornal de Notícias, que cita a imprensa brasileira, o Tribunal P...

noticias, artigos, notas, releases, pautas, tv, acontecimentos, fatos, reportagens

Bolsonaro denunciado em Haia por genocídio e crime contra a Humanidade

Publicado por: admin
27/07/2020 11:04:40
Joedson Alves / EPA
Joedson Alves / EPA

O Presidente brasileiro foi acusado, este domingo, de genocídio e crime contra a Humanidade, numa queixa que já chegou ao Tribunal Penal Internacional (TPI), na Holanda.

 

De acordo com o Jornal de Notícias, que cita a imprensa brasileira, o Tribunal Penal Internacional, com sede em Haia, na Holanda, recebeu, este domingo, uma denúncia contra o Presidente Jair Bolsonaro por ignorar as orientações técnicas na luta contra a pandemia de covid-19.

 

A queixa foi entregue por mais de 60 sindicatos e movimentos sociais, a maioria ligados a profissionais de saúde, e aponta “falhas graves e fatais” na resposta à doença no país.

 

No documento de 64 páginas, cita o JN, pede-se que o chefe de Estado seja condenado por genocídio e crime contra a Humanidade, não só por incentivar ações que aumentam o risco de contágio do coronavírus, mas também por se recusar a implementar medidas para proteger o povo brasileiro, sobretudo as minorias.

 

Os queixosos recordam que Bolsonaro nunca cumpriu as recomendações técnicas do seu Ministério da Saúde; provocou grandes ajuntamentos; esteve junto das pessoas sem máscara – mesmo quando esteve infetado –; minimizou a gravidade da doença, tendo-a chamado mesmo de “gripezinha”, e continua a insistir no uso da cloroquina no tratamento da covid-19, mesmo quando não há evidência científica da sua eficácia.

 

Além disso, refere o jornal, o documento também recorda o veto de leis aprovadas pelo Congresso Nacional, como o uso obrigatório de máscaras em locais fechados e para proteger populações em situação de maior vulnerabilidade, como os povos indígenas.

 

Esta atitude de menosprezo, descaso e negacionismo trouxe consequências desastrosas, com consequente crescimento da disseminação, total estrangulamento dos serviços de saúde, que se viu sem as mínimas condições de prestar assistência às populações, advindo disso mortes sem mais controlos”, lê-se no documento, citado pelo jornal.

 

De acordo com o site Deutsche Welle, o Presidente já é alvo de outras quatro denúncias no TPI, três delas pela sua atuação na crise sanitária provocada pelo novo coronavírus e uma por crimes contra a Humanidade e atos de genocídio entre comunidades indígenas.

 

O Governo brasileiro informou, este domingo, que a covid-19 provocou 87.004 mortes e 2.419.091 infeções desde que chegou ao país há cinco meses, quando o primeiro caso da doença foi notificado.

 

Segundo o Ministério da Saúde brasileiro, foram registados 24.578 infeções e 555 óbitos provocados pelo novo coronavírus em 24 horas.

 

O Brasil é o segundo país mais atingido pela doença, atrás apenas dos Estados Unidos em número de mortos (146.463) e de casos diagnosticados (mais de 4,1 milhões).

 

Fonte: Planeta ZAP //

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

A Carne é Fraca