United Air deve indenizar passageira por não fornecer alimentação adequada | TVFORENSE.com Televisão via Internet

Passageira comunicou restrições alimentares.   A 13ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a condenação de companhia aérea, que deve indenizar passageira com doença celíaca pelo não fornecimento de alimentação especial. ...

tjsp, dano, cartão, banco, sentença, condenação, bullying, escola, indenização, aérea, passageiro

United Air deve indenizar passageira por não fornecer alimentação adequada

Publicado por: admin
11/03/2020 14:02:01
Divulgação
Divulgação

Passageira comunicou restrições alimentares.

 

A 13ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a condenação de companhia aérea, que deve indenizar passageira com doença celíaca pelo não fornecimento de alimentação especial. O valor da reparação pelo dano moral foi fixado em R$ 10 mil.

 

De acordo com a decisão, a autora, que viajava de Toronto para São Paulo, havia solicitado à empresa o fornecimento de alimentação especial. Porém, em razão de atraso no trecho contratado, foi reacomodada em outro voo que não possuía refeições compatíveis com sua situação de saúde e ficou cerca de dez horas sem se alimentar.

 

A desembargadora Ana de Lourdes Coutinho Silva da Fonseca, relatora da apelação, apontou que “em tal situação, constata-se uma violação à dignidade da passageira”, que foi submetida a “penoso e desnecessário jejum”. “Ainda que possa ter se alimentado de algum alimento que carregasse consigo, fica evidente o dano moral decorrente da impossibilidade de realizar uma refeição completa e adequada durante mais de dez horas”, afirmou.

 

O julgamento, unânime, teve a participação dos desembargadores Heraldo de Oliveira e Francisco Giaquinto.

 

Apelação nº 1000690-48.2019.8.26.0001

 

Fonte: TJSP

 

        Comunicação Social TJSP 

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

A Carne é Fraca