Presidente do Paraguai se reúne com Bolsonaro nesta terça-feira (12) | TVFORENSE.com Para Dispositivos Móveis

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Paraguai, Mario Benitez, vão se reunir nesta terça-feira (12), em Brasília, para tratar de relações comerciais. Estão na pauta do encontro a revogação do status de refugiado de dois paraguaios que estão no ...

noticias, artigos, notas, releases, pautas, tv, opinião, entrevistas, comentários, debate, critica, colunista

Presidente do Paraguai se reúne com Bolsonaro nesta terça-feira (12)

Publicado por: admin
12/03/2019 11:43:44
Agencia Brasil
Agencia Brasil

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do Paraguai, Mario Benitez, vão se reunir nesta terça-feira (12), em Brasília, para tratar de relações comerciais. Estão na pauta do encontro a revogação do status de refugiado de dois paraguaios que estão no Brasil, além da construção de duas pontes que vão ligar os países.

 

A previsão é que a ponte brasileira seja iniciada ainda neste ano e seja concluída até 2022. Uma delas vai ligar a cidade paranaense de Foz do Iguaçu a Puerto Presidente Franco, no Paraguai; e a outra, vai ligar a cidade de Porto Murtinho, no Mato Grosso do Sul, a Carmelo Peralta. A estimativa é que cada uma delas custe em torno de US$ 70 milhões.

 

De acordo com o professor Juliano da Silva Cortinhas, do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (UnB), os dois presidentes devem tratar também da segurança na fronteira, do combate ao tráfico e do comércio bilateral.

 

“O Paraguai é um dos maiores produtores de maconha do mundo, a fronteira é muito vulnerável. Há um problema relacionado com o narcotráfico brasileiro, a questão do tráfico de armas, tráfico de pessoas. Enfim, a agenda de segurança é extensa. Há também as questões relacionadas com o comércio. É importantíssimo que o Brasil mantenha boas relações com os países que estão ao seu lado. Quanto mais esses países estiverem bem, mais facilmente o Brasil consegue estar bem em suas relações exteriores também”, disse.

 

A crise na Venezuela é outro tema que pode ser discutido pelos líderes sul-americanos. Lembrando que no início do ano, o Paraguai anunciou o rompimento das relações diplomáticas com a Venezuela. Tanto Bolsonaro, quanto Benitez apoiam Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino. E na visão do professor Juliano da Silva Cortinhas, o Brasil deveria ter se mantido neutro nesta decisão.

 

“Eu penso ser um erro o Brasil ter reconhecido o Guaidó, a pleno e tão rapidamente assim. Eu acho que a gente deveria ter mantido uma posição de imparcialidade, até para que conseguíssemos manter o nosso status histórico de líder regional e de um negociador que poderia levar uma saída diplomática para a questão. Mesmo assim, por ser um país que adotou uma postura muito próxima da postura que o Paraguai também já adotou, de romper relações diplomáticas com o governo do Maduro, reconheceu o Guaidó, esta deve ser mais uma questão que vai passar na agenda desta reunião”, ressaltou.

 

O presidente do Paraguai disse que as viagens ao exterior são necessárias para manter o relacionamento com os parceiros comerciais e dar mais visibilidade ao país para “apresentá-lo ao mundo”.

 

Vale ressaltar que o Brasil mantém uma estreita relação comercial com o Paraguai, uma vez que o país vizinho abastece o mercado brasileiro com produtos como carne, soja e arroz, enquanto importa do Brasil produtos como aviões e automóveis.

 

Por Cíntia Moreira Agencia do RadioMais

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

A Carne é Fraca

Vídeos relacionados